Handebol - História

Idealizado pelo professor de Educação Física alemão Karl Schelenz com base num jogo tcheco chamado azena, o handebol acabou se transformando em esporte de salão e virou modalidade olímpica nos jogos de Berlim. A primeira partida de handebol foi jogada em 1895. Quarenta anos mais tarde, Suécia e Dinamarca disputaram o primeiro encontro internacional. No princípio era jogada por 11 jogadores em cada equipe e regras similares às do futebol diferenciando apenas pelo deslocamento da bola ser feito com as mãos o que denominou a modalidade.

Handebol - Regras Básicas

O JOGO - Duas equipes, cada uma com sete jogadores, sendo que um é o goleiro, competem neste jogo de ataque rápido cuja finalidade é marcar mais gols que o adversário. Disputam-se dois tempos de 30 minutos com descanso de 10 minutos e sem prorrogação, exceto nas semi finais e finais de alguns campeonatos, nas quais são jogados dois tempos suplementares de 5 minutos. Se ao final destes períodos persistir o empate, o resultado se decide por pênaltis.

A BOLA - É formada por uma capa de couro ou material sintético. Mede entre 58 e 60 centímetros de circunferência na categoria masculina e de 54 a 56 centímetros na categoria feminina. O peso no naipe masculino não pode superar 475 gramas ou ter menos 425 gramas, já no feminino varia de 325 a 400 gramas. Não são permitidas bolas de cor brilhante ou escorregadias.

A QUADRA - É um retângulo de 40 metros de comprimento por 20 de largura. Compreende a zona de jogo, dividida em duas metades pela linha central, e duas áreas de gol.

A TRAVE - Mede 2 metros de altura e 3 de largura. Os postes e o travessão são de madeira, liga leve ou material sintético similar. Cada poste de corte quadrado de 8 centímetros é pintado com cores que contrastam com o fundo da quadra. A goleira deve estar equipada com redes sem tensores

FONTES:
FPH (Federação Paulista de Handebol)